terça-feira, 28 de abril de 2009

Christian Bale volta a falar sobre o próximo Batman


"E reflete sobre os limites éticos da tecnologia"



À revista TotalFilm, o ator Christian Bale voltou a falar sobre o próximo filme de Batman, um assunto que deve marcar suas entrevistas para a divulgação de O Exterminador do Futuro: A Salvação. Bale repete o discurso de sempre - "Tem que ser a história certa..." - mas também divaga sobre o herói.


"Teria que ser uma história boa. Não dá pra fazer Cavaleiro das Trevas e depois desapontar. Eu gostaria que as pessoas dissessem 'você nunca vai fazer um bom terceiro filme', porque poderíamos provar o contrário. Mas esse sou eu. O fato é que eu vou ter que fazer! Está no meu contrato! No de Chris [Nolan, o diretor] não está [a exigência de três filmes]. Então estou meio ferrado se ele decidir que não quer mais voltar", disse.


Sobre a ética do segundo filme dirigido por Nolan: "A ideia dos telefones celulares e da triangulação em TDK, com Batman dizendo a Lucius que eles vão largar tudo depois que a missão estiver cumprida, tem a ver com a realidade, com os abusos de escutas telefônicas que saem por aí. Então há limites. Com a tecnologia, assim como em tudo, tem que haver moderação".


Enquanto Bale para para refletir, Nolan se prepara para dirigir Inception antes de se concentrar no seu terceiro filme do Morcego.

Fonte: Omelete

Envie sugestões, comentários e até mesmo sua Bat-história para: bat-cast@hotmail.com