quinta-feira, 10 de julho de 2008

Diretor, roteirista e protagonista falam sobre o Batman 3


Christian Bale só volta se Christopher Nolan estiver junto e Jonathan Nolan fala dos vilões

Faltando uma semana para a estréia de Batman - O Cavaleiro das Trevas, se intensificam as conversas sobre o possível próximo filme. The Dark Knight termina deixando um terreno limpo para histórias renovadas - mas será que os envolvidos estão interessados?

"Mesmo antes de escrever o roteiro eu já sabia o que eu queria fazer com o final", disse ao /Film o diretor Christopher Nolan sobre O Cavaleiro das Trevas. "Eu queria que o filme parecesse completo, o que não significa que haja um senso de encerramento [da série] no desfecho. Eu não sei o que farei em seguida. O que eu sinto é que não dá pra ficar poupando coisas para os futuros filmes. É preciso colocar tudo num filme e tentar fazê-lo o melhor possível."

Nolan comenta uma particularidade do fim da aventura que até pode ser entendido como spoiler, mas nada grave. "Existe um sentimento que buscávamos em termos de expressar algo sobre o Batman, trazer a história de volta a ele. Então no fim tudo se torna um filme sobre o Batman novamente. Ele lidou com um número grande de personagens, interagiu de diversas e extraordinárias maneiras. No fim de tudo só queríamos ressaltar a relevância do herói, nosso personagem-núcleo."

De volta às especulações, Christian Bale diz que sua volta a um terceiro longa está condicionada à de Nolan. "Gosto de filmes que me deixam pensando sobre o que pode acontecer em seguida. Mas no momento está tudo na mão de Chris, caso ele decida [continuar] ou não. Não posso imaginar fazer Batman sem ele, sequer quero considerar essa possibilidade", diz. Dito isso, ele reconhece: "Há a questão do desafio. Não há muitos filmes que estão no nível do original. Poderoso Chefão 2, O Império Contra-Ataca... E não há muitas trilogias em que o terceiro filme é o melhor. Só isso já é um motivo para tentar".

"Outra questão é o trabalho soberbo que Heath [Ledger, o Coringa] fez neste filme. Como criar um vilão melhor?", emenda Bale. Quem tenta responder é o roteirista Jonathan Nolan, que fez um belo trabalho neste segundo filme ao lado do irmão. "As histórias do Batman têm sido publicadas há 70 anos. Usamos primeiro Ra's Al Ghul e Espantalho, que não haviam aparecido no cinema antes e nem na série de TV. Há dezenas, se não centenas, de outros personagens que podem servir. Todo mundo diz que será Pinguim ou Mulher-Gato... Bem, eu discordo", atiça, aumentando o escopo de possibilidades.

Batman - O Cavaleiro das Trevas estréia mundialmente no dia 18.