quinta-feira, 24 de julho de 2008

Criador do Coringa conta ao OMELETE o que achou de O Cavaleiro das Trevas


Lendário Jerry Robinson quer voltar ao Brasil e adorou Heath Ledger no filme

Um dos aspectos mais fantásticos da Comic-Con é poder conversar com criadores de alguns dos mais reconhecíveis ícones da cultura pop do planeta. Se em um estande está Mike Mignola autografando desenhos do Hellboy, em outro Jim Lee ganha uns trocados dedicando pôsteres aos fãs. Mas, muito mais emocionante que ver essas gerações mais recentes de quadrinistas, é deparar-se com Jerry Robinson, famoso por ter desenhado Batman nos seus primeiros anos, criado o Coringa e ter sido um dos mais proeminentes chargistas políticos dos Estados Unidos, no estande da DC Comics.

Ao lado da esposa, o senhor de 88 anos auografava pequenos cartazes com amostras da sua arte. Cheguei por acaso no instante em que ele pediu ao seu assessor para descansar - ele já estava ali há algumas horas -, prometendo voltar no dia seguinte. Como ele ficou por ali conversando com algumas pessoas aproveitei para apresentar-me. Ao saber que eu sou brasileiro Robinson abriu um sorriso, me dizendo como foram ótimas as suas duas passagens pelo nosso país. "Tenhos grandes amigos no Brasil. Adoro o seu país", comentou. "Meu amigo Jô Soares ainda tem aquele ótimo programa?".

Na seqüência perguntei a ele se ele já tinha assistido ao novo filme do Batman e o que ele achou do novo Coringa. Robinson não precisou pensar duas vezes, de cara afirmando "adorei ele! O trabalho de Heath Ledger é simplesmente incrível. Fiquei muito feliz com o filme", disse.

Pra concluir nosso breve encontro, o veterano quadrinista prometeu: "Eu ainda vou voltar pro Brasil", prometeu.

No ano passado Robinson voltou a ser contratado da DC Comics como consultor criativo. O desenhista é responsável por sedimentar o visual do Homem-Morcego, além de ter co-criado Robin e Coringa nos anos 40.


Envie sugestões,comentarios e até mesmo sua Bat-historia para: bat-cast@hotmail.com