quarta-feira, 2 de julho de 2008

Companheiros de elenco apóiam Oscar póstumo para Heath Ledger


E ator vira nome de teatro em Perth, sua cidade-natal



Gary Oldman e Aaron Eckhart estão entre os atores do elenco de Batman - O Cavaleiro das Trevas que defendem uma indicação póstuma ao Oscar para Heath Ledger por sua interpretação do Coringa.
Presente à coletiva de imprensa do lançamento do novo filme da franquia, Oldman comentou que a Academia costuma ignorar filmes de ação, mas que a atuação de Ledger é tão boa que será difícil de contornar. Após fazer a primeira cena juntos, Gary Oldman disse ter ligado para um amigo e comentado que Ledger era um dos atores com que os demais sonhariam em trabalhar.
Segundo o diretor Christopher Nolan, Ledger ligava durante o período de pré-produção para dizer como estava trabalhando. Segundo ele, o ator pesquisava o modo como os bonecos dos ventriloquistas falavam para usar o estilo durante as filmagens. Nolan disse que só compreendeu a referência quando viu o Coringa variando seu tom de voz de modo imprevisível. Christian Bale confirmou a opinião dos colegas dizendo que observar Ledger criando o Coringa foi uma das coisas mais impressionantes que já viu como ator e que o companheiro definitivamente merece uma indicação ao Oscar.
Caso o desejo do elenco seja atendindo e Heath Ledger receba o prêmio, será a segunda vez que o troféu será entregue para um ator postumamente. O primeiro, e único, a ser premiado desta forma foi Peter Finch em 1976 por Rede de Intrigas.
Quanto aos comentários de que o trabalho como Coringa teria sido um dos fatores que levou Ledger à morte por afetar seu estado emocional, Gary Oldman disse que duvida. Ele comentou que os dois conversaram muito durante as filmagens e que Ledger ria e falava da filha, Matilda, do futuro e de seus planos de dirigir e escrever roteiros.
Enquanto isso, a cidade natal de Ledger decidiu homenageá-lo com a construção de um teatro que receberá seu nome. O Heath Ledger Theatre terá 575 lugares e está sendo construído na Roe Street, em Perth, com um orçamento de 91 milhões de dólares.
O Primeiro-Ministro da Austrália Ocidental, Alan Carpenter, defendeu a idéia de batizar o teatro com o nome de Ledger como uma forma de homenagear um profissional dedicado e de criar um local onde jovens atores possam desenvolver suas carreiras. Além do teatro, o local vai contar com estúdios, espaços para ensaios, uma área externa e outras instalações.
O pai de Heath Ledger agradeceu a homenagem e lembrou que o filho jamais perdeu o contato com seus amigos na Austrália, comentando que a casa do ator em Los Angeles tinha 30 chaves distribuídas entre os conhecidos.
A família de Ledger assistirá ao novo Batman - dedicado ao ator - em uma sessão privada antes de viajar para Nova York para a pré-estréia do filme, que acontece no dia 14 de julho.